Relatório: Seca em Angola. Ponto da Situação 2020-2021. Causas, Respostas e Soluções

Março de 2022

Foi publicado pela equipa de investigação o relatório “Seca em Angola. Ponto da Situação 2020-2021. Causas, Respostas e Soluções”

Síntese:

Em 2019, as províncias do Sudoeste de Angola encontravam-se à beira de uma crise humanitária sem precedentes, devido a um prolongado ciclo de seca que se estendeu por quase uma década. O projeto de pesquisa “Environmental disaster and civic responses in Angola” realizou um levantamento local da situação no Sul de Angola ao longo de 2020-2021, recolhendo depoimentos de habitantes locais e stakeholders relacionados com esta catástrofe ambiental. Concomitantemente, mapeou respostas passadas e actuais à seca e analisou o caso do Sudoeste de Angola no quadro de desastres ambientais globais.

Referência bibliográfica:

Blanes, Ruy Llera, Carolina V. Cardoso, Helder A. Bahu & Cláudio Fortuna. 2022. Seca em Angola. Ponto da Situação 2020-2021. Causas, Respostas e Soluções. Relatório de Pesquisa. Gotemburgo e Lubango: School of Global Studies & ISCED-Huíla.

Download:

Versão alta resolução (110MB) em ficheiro zip

Versão baixa resolução (2MB) pdf


OpenEdition suggests that you cite this post as follows:
Ruy Blanes (April 3, 2022). Relatório: Seca em Angola. Ponto da Situação 2020-2021. Causas, Respostas e Soluções. Drought in Angola — Seca em Angola. Retrieved July 14, 2024 from https://doi.org/10.58079/txp8


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search